20 de outubro de 2011

Só depende de ti

Meus queridos leitores,

Apesar das dificuldades que aparecem na vida; apesar de estarmos perante uma sociedade decadente e superficial, cheia de hipocrisia e maldade; apesar do futuro da humanidade parecer cada vez mais sombrio; nós não podemos desistir dos nossos sonhos, de lutar pelos nossos objectivos, pela nossa felicidade. 

Deixo-vos um vídeo que, no passado, me marcou...

video

11 comentários:

  1. Ler este texto e ver este vídeo, dá ânimo para viver cada dia como se fosse o último!
    Beijos****

    ResponderEliminar
  2. Oi Dário, tudo bem com você?
    Temos que estar querendo sempre mais e mais da vida, mas buscando enxergá-la de forma positiva, afinal ela é tão boa não é mesmo?

    Um forte abraço e carpe diem...

    ResponderEliminar
  3. A descrença no ser humano não nos estimula. E sabemos que, nem todos, contribuem para essa realidade sombria. Temos que alimentar a esperança e fazer a nossa parte.

    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Mas que vídeo e palavras inspiradoras.

    Obrigado por partilhar este video. A música ajuda a dar mais "força" á mensagem.


    Parabens pelo blogue. Vou passar cá mais vezes-



    silenciosquefalam.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Grandes palavras. Grande vídeo. Mas as vezes não depende só te nós, como também daqueles que nós rodeiam, porque mesmo que não pareça, precisamos sempre de alguém.
    beijo.

    ResponderEliminar
  6. Oi Dário,

    E façamos nossa parte, é que só por hoje seja o dia mais importante, nessa calma de agora.

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  7. Adorei a sua garra, a sua luta. Parabéns!

    ResponderEliminar
  8. Como eu concordo, às vezes digo que o ser humano foi se perdendo com o tempo, vivem por viver, nem sabem muito bem o que por aqui andam a fazer. Os objectivos de vida são errados, hipócritas, cínicos, porque afinal, ninguém se preocupa com o outro. Às vezes acho que nasci no tempo errado.

    No entanto, acredito que por todo o lado, nos lugares mais esquecidos, estão pessoas decentes, interessantes, lutadoras, que acreditam que a nossa realidade pode ser diferente, e à sua maneira vão contribuindo.

    ResponderEliminar